top of page
  • Mensurar Júnior

Agricultura de Precisão - O que é e como pode te ajudar.


A agricultura de precisão é um sistema de manejo agrícola baseado na variabilidade regional e temporal da unidade produtiva, que visa aumentar o desempenho econômico, a sustentabilidade e minimizar os impactos ambientais. Seu uso tem aumentado na agroindústria brasileira. Os conceitos de AP ainda são relativamente novos para os agricultores, e todos os dias surgem novas ferramentas e aplicações que podem ser usadas nas lavouras. Confira este artigo para ver como isso pode afetar sua propriedade!


O que é Agricultura de Precisão (AP)?

A agricultura de precisão envolve o uso de tecnologia avançada para monitorar com precisão as operações agrícolas, levando em consideração a variabilidade do solo e do clima. A partir de dados coletados em áreas georreferenciadas, é possível implementar a automação agrícola e fortalecer a tomada de decisão no entendimento das condições ideais para o cultivo das principais culturas agrícolas.



Embora tenha chegado ao Brasil no início dos anos 90 com máquinas agrícolas e receptores GNSS (Global Navigation Satellite System), hoje o uso das mais versáteis ferramentas da agricultura de precisão é cada vez mais diversas.


A AP ocorre em três etapas principais: coleta de dados, planejamento do gerenciamento e aplicação localizada de insumos.


A localização de cada ponto do terreno é georreferenciado com auxílio do GNSS que possuem coordenadas geográficas para cada ponto escolhido. Tendo a área definida pela largura do terreno, velocidade da máquina e o tempo de coleta de cada ponto. Com todas essas informações coletas, os pontos são classificados de diferentes escalas de cores dependendo da produtividade da sua composição final.


Benefícios da Agricultura de Precisão

Comparando com a agricultura convencional, a agricultura de precisão possui a vantagem de analisar em detalhe a variabilidade de cada elemento da produção agrícola para propor soluções que promovam melhorias no manejo das culturas.


Na agricultura convencional, os insumos e fertilizantes são aplicados de forma igualmente distribuída em toda área. Já a agricultura de precisão, possui diversas informações que ajudam a tomada de decisão permitindo aplicar somente o necessário em cada pedaço da propriedade.


Quanto mais informações coletadas, maior a confiança na tomada de decisão e a economia do sistema de produção. Isso dá ao produtor mais controle sobre o uso e manejo dos insumos, economizando tempo e dinheiro, resultando em maior produtividade e sustentabilidade da lavoura.


Desafios da Agricultura de Precisão

Os conceitos de AP são relativamente novos para os usuários. Com o crescimento de aplicativos, consultorias e plataformas, muitas vezes fica confuso o que usar na fazenda.


Além disso, a falta de pessoas capacitadas e gestores familiarizados com o ciclo de AP resulta em aplicações incorretas e falta de funções disponíveis. Dificuldades em lidar com os mapas ou interpretar os dados gerados e fazer recomendações relevantes obrigam muitas fazendas a optarem ainda pelo sistema tradicional.


O impacto da agricultura de precisão para o agronegócio brasileiro

Na agricultura de precisão é possível utilizar estratégias para resolver problemas com mais precisão e ir direto à necessidade. Para a agroindústria, isso se torna um fator chave para otimizar a produção e desenvolver práticas de severidade variável.


A adoção da AP em uma fazenda brasileira é, portanto, um importante diferencial que permite maior competitividade no mercado. Estudos mostram que as técnicas oferecidas pela agricultura de precisão podem aumentar a produtividade das lavouras em até 67%.


É caro usar a agricultura de precisão?

A agricultura de precisão utiliza-se do conceito de verificação das variações presentes em uma cultura agrícola, então ela pode ser feita em software como o Qgis ou imagens de satélites.


Atualmente, existem muitas ferramentas e aplicativos pagos que elevam os custos da produção. No entanto, saber se uma aplicação paga é necessária ou não depende tanto da aplicação do estudo quanto se será viável para sua propriedade.


Exemplos de aplicação da agricultura de precisão

Seguem alguns mapeamentos e levantamentos de informação que podem ser feitas na agricultura de precisão:


● Mapas de Irrigação;

● Quantificação de biomassa das lavouras;

● Estimativas de produtividade;

● Levantamento de áreas degradadas;

● Mapas de solo para aplicação de fertilizantes;

● Mapas de infestação de insetos para pulverização, etc.




Conclusão


Percebemos que a Agriculta de precisão possui diversas ferramentas para auxiliar a tomada de decisão dentro de uma lavoura.


E também dá suporte a sustentabilidade minimizando os impactos e desperdícios e maximizando os ganhos de produção agrícola, de finanças e ambientais.

Uma vez que você aplica os insumos no lugar correto, no momento ideal e na dose correta, o manejo em campo é totalmente otimizado!




Redatora: Larissa Henrique

Revisão: Setor de Projetos



Referências:


M. Luis Gustavo, 16 de Maio de 2018. Site: https://blog.aegro.com.br/agricultura-de-precisao/


M.M.Juliana, site: https://agropos.com.br/o-que-e-agricultura-de-precisao/


IMAGENS:

SITE:https://www.geodata.com.br/mapas-produtividade-na-agricultura-precisao/


SITE:https://www.oseudinheirovalemais.com.br/agricultura-de-precisao-para-o-desenvolvimento/

SITE: https://blog.aegro.com.br/agricultura-de-precisao/

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page