• Mensurar Júnior

Terraplanagem

Atualizado: Set 1

É notória a irregularidade da superfície terrestre, apresentando um relevo muito diversificado devido a fatores internos, como o tectonismo, e externos, como a erosão, algo que torna inevitável que sejam feitas eventuais alterações no solo para que o terreno tenha um perfil adequado para receber obras e construções. Mas afinal, como seria esse perfil adequado?

Neste caso, o perfil ideal para a inserção de uma habitação é aquele que possui estabilidade em sua estrutura e uma área adequadamente recortada e nivelada para contemplar a obra arquitetônica planejada e que forneça segurança a quem habitará a área. Ou seja, o terreno pode ser plano ou inclinado e, a fim de projetar o traçado ideal e prevenir eventuais problemas estruturais na obra, devem ser corretamente medidas as variações apresentadas em seu relevo para elaborar seu nivelamento e deixá-lo pronto para receber a estrutura prevista.

Para ter conhecimento acerca do relevo é necessário primeiramente realizar um levantamento planialtimétrico, que se trata das medições do terreno, realizadas por um profissional agrimensor ou topógrafo, que fornecem informações sobre suas inclinações e cotas, distâncias verticais dos pontos até um plano de referência qualquer. Dessa forma, é possível definir precisamente os pontos onde será necessário escavar, aterrar e terraplenar.

Mas e aí, vamos entender mais a fundo do que se trata terraplenar um terreno?


O que é a terraplenagem?


Terraplenagem ou movimentos de terra é o conjunto de operações necessárias para remover a terra dos locais em que se encontra em excesso e realocada para aqueles em que há falta, tendo em vista um determinado projeto a ser executado. Trata-se da preparação de um terreno para o recebimento de uma obra, sendo esta etapa uma das bases para a boa consecução de todas as outras etapas do projeto.


Para a consecução do projeto de terraplenagem, é essencial entender a etapa de corte e aterro a ser realizado, então vamos lá? O corte se trata da escavação e retirada de solo do terreno, enquanto o aterro é o acréscimo de terra ao solo, de forma a elevar o terreno ou preenchê-lo de forma a nivelar a área. Nessa fase é necessário analisar, juntamente com um profissional habilitado, se há a necessidade de alguma contenção ou muro de arrimo para assegurar a estabilidade e resistência do projeto, principalmente quando se tratar do posicionamento e inclinação ideal para os taludes, que são superfícies inclinadas de um aterro ou de um corte, rampas.

A terraplenagem, de forma resumida, é composta por um conjunto de procedimentos como a demarcação em campo dos pontos onde serão necessários realizar o corte e aterro, o cálculo de terra a ser removido e a ser posto, , a limpeza do terreno, a realização do corte por meio de maquinários específicos, o transporte e descarga dos sedimentos, o umedecimento e compactação do solo e o nivelamento em si, sempre se atendo às especificidades do solo, dos perfis do terreno coletados na etapa de levantamento topográfico e do objetivo do projeto. Aliás, o planejamento adequado em todos os procedimentos acima citados é essencial para a redução no custo da obra.

Mas afinal, quais suas aplicações? Como a terraplenagem é aquela que torna o terreno regular para o recebimento de uma obra, é variada sua aplicação na engenharia. Pode ser citada a construção de rodovias, fábricas, residências, aeroportos, quadras, poliesportivas, prédios, aterros sanitários e muitos outros.


Agora que você compreendeu melhor a terraplenagem, fique ligado nessas dicas e observações abaixo:


1. O projeto de corte e aterro é algo custoso e por isso devem ser utilizados dados precisos e confiáveis para evitar desperdícios e atrasos de execução. Visto isso, é muito necessário que o trabalho seja realizado por profissionais agrimensores ou topógrafos e engenheiros civis, ou outro profissional habilitado e com experiência na área, para que não haja eventuais falhas estruturais, problemas de deslizamento e gastos extras.


2. Algumas prefeituras doam aterro, então antes de adquiri-lo verifique se na sua cidade há a oportunidade de obter gratuitamente, isso poderá reduzir consideravelmente os custos em sua obra.


3. De forma a preservar o meio ambiente de assegurar a estabilidade do projeto, lembre-se de instalar um sistema de drenagem, de realizar o revestimento vegetal e de calcular a inclinação correta dos taludes, de forma a evitar deslizamentos e erosão.

4. Caso seu terreno se encontre abaixo do nível da rua é ideal que esta seja aterrada até que apresente, no mínimo, uma altitude superior a 10 cm em relação à rua, visto que é uma especificação existente dentro da engenharia para evitar possíveis infiltrações e inundações e para que seja possível realizar o financiamento de sua propriedade em bancos como o Santander. Esta informação, contudo, pode variar de acordo com as especificações do terreno e o objetivo do projeto, então consulte um profissional habilitado na área.


5. Garantir um equilíbrio entre o material cortado e o destinado ao aterro irá proporcionar uma grande economia em seu projeto, visto que reduzirá gastos com aquisição e movimentação da terra.


Redator(a): Amanda Meirelles

Revisão: Setor de Projetos


Referências:

M²obras. Aterro. Disponível em < https://www.custodaconstrucao.com/etapas-obra-e-valor/aterro-corte-do-terreno/ > Acesso 26 de agosto. 2021.

GeoSensori. A importância da Terraplanagem. Disponível em < https://www.geosensori.com.br/2019/05/13/a-importancia-da-terraplanagem/ > Acesso 26 de agosto. 2021.

SOUZA, R. S. Terraplenagem e pavimentação. Documento Microsoft PowerPoint - Aula 18 - Terraplanagem - Execução de Cortes e Aterros. Disponível em < http://professor.pucgoias.edu.br/sitedocente/admin/arquivosUpload/17735/material/Aula%2018%20-%20Terraplanagem%20-%20Execu%C3%A7%C3%A3o%20de%20Cortes%20e%20Aterros.pdf > Acesso em 26 de agosto. 2021.

Oficina de Textos. Estabilidade de taludes: tipos de talude. Disponível em < https://www.ofitexto.com.br/comunitexto/estabilidade-de-taludes-tipos-de-talude/ > Acesso em 26 de agosto. 2021.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo